Receba nossas atualizações por e-mail!

INFORMAÇÕES SOBRE PASSEIOS
DE OBSERVAÇÃO DE BALEIAS EM VITÓRIA, ES:
027 999 800 413
027 992 473 882
027 992 977 851
 
INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS SOBRE
O PROJETO AMIGOS DA JUBARTE:
027 999 864 177
 
E-MAIL:
amigosdajubarte@gmail.com

Mutirão em Vitória-ES reúne comunidade para limpeza de manguezal

No último domingo de páscoa, 21 de Abril de 2019, o Projeto Amigos da Jubarte participou da 3ª Ação Coletiva em Prol da Vida Marinha numa grandiosa ação de limpeza de angue, que uniu diversas ONGs. A ação teve o apoio da Prefeitura de Vitória e a participação da população da comunidade local e entorno.

 

 

 

 Representação artística do lixo recolhido num mosaico de um caranguejo-ucá – imagem de drone.

 

Mais um mutirão do bem marcou a 3°Ação Coletiva em Prol da Vida Marinha. A atividade que aconteceu no Domingo de Páscoa, no manguezal de Vitória, especialmente na região de Maria Ortiz. O evento reuniu cerca de 40 voluntários dentre; Ongs Ambientais, Prefeitura de Vitória, Universidade Federal, grupos de Canoa Havaiana, Stund Up e lideranças da comunidade local. O evento, realizado pelo Instituto O Canal e Coordenado pela Sea Shepherd, teve início as 8:00h, com um cafe da manhã para os participantes. Logo em seguida os grupos foram divididos em grupos e orientados a iniciarem o processo de coleta do lixo.

 

Foto 2 – Voluntários , funcionários da PMV e representantes deONGs em Vitória – ES reunidos antes da ação.

 

Nesta edição foram retirados do manguezal e áreas do entorno, cerca de 1,5 toneladas de lixo.

 

 Foto 3 – A ação inspirou a todos, inclusive crianças.

 

Todo trabalho contou com o apoio de garis e embarcações. Segundo o Ativista Ambiental Sandro Firmino, o intuito do projeto, além de levar conscientização e educação ambiental para as pessoas, é provocar também uma mudança de comportamento. "Acreditamos que temos conseguido provocar efeitos positivos, pois a cada edição novas pessoas nos procuram para colaborar. Isso é muito gratificante, um sinal de que estamos no caminho certo", concluiu.

 

 Muitos detritos foram retirados do manguezal.

 

 

Voluntários recebendo instruções antes da atividade.

 

 

Outra importante ONG apoiadora do projeto, é o Instituto Últimos Refúgios, responsável por todo registro audiovisual das ações, Leonardo Merçon, fotógrafo de natureza, relatou que em suas experiências de viagens ao redor do mundo, não encontrou ainda uma biodiversidade tão rica quanto a do Espirito Santo, mesmo com todas as agressões à natureza. "Aqui (Espírito Santo) temos uma riqueza imensurável de fauna e flora, tanto marinha, quanto terrestre. Possuímos um dos maiores Manguezais de área urbana do mundo. O maior do Brasil! Precisamos preservar e cuidar desse berçário. Sempre quando venho pro mangue fotografar me encanto. Aqui é um lugar de muita riqueza natural, ótimo para Observação de Aves, por exemplo.", relatou Merçon, que destaca o registro que fez no dia da ação. Registrou a Águia-pescadora com um grande peixe em suas garras e dos lindos Colhereiros.

 

Rafael Braga, representante das instituições Vida de Ilha, Projeto Pegada e Instituto Ecomaris, esteve apoiando com sua embarcação. Ele frequenta o manguezal desde sua adolescência. Segundo Braga o trabalho de tirar lixo das praias e ilhas já faz parte de seu cotidiano. "Estamos fazendo pro outro e pela nossa casa. Se cada um fizer um pouquinho já ajuda e muito o planeta", diz ele.

 Rafa Braga em meio as raizes do manguezal.

 

Segundo Thiago Ferrari, Diretor do Instituto O Canal, desde 2014 a entidade trabalha com as questões socioambientais do manguezal. Ele alerta para a problemática além da poluição de lixo, mas também para a situação do saneamento. "Não podemos aceitar mais essa triste imagem de ver tanto esgoto in natura sendo lançado a todo momento no mangue. É preciso que haja de fato políticas públicas voltadas para essa questão.", chama a atenção o ambientalista, que ainda destacou a importância do colaborativismo. "Somente com o apoio e soma de esforços é que iremos mudar esse quadro. Mais de 20 organizações participaram dessa ação.", diz ele.

 

O Representante do projetos SOS Manguezal, o "Laurim", disse que a mais de 30 anos atua na limpeza e proteção ao manguezal. "Aqui considero meu quintal, fico muito triste em ver essa quantidade de lixo. Sempre converso com os moradores ribeirinhos da importância de cuidar e não jogar lixo no mangue. Do mesmo modo fico muito feliz em ver uma atitude como essa aqui na minha comunidade. Isso só me dá mais motivação de dar continuidade no trabalho com as crianças daqui, que são o futuro do amanhã! Vamos continuar plantando a semente do bem. Lá na frente ela vai dar bons frutos.", Finalizou.

 

Uma intervenção artística, promovida pelo artista plástico Nico Duarte, um Caraguejo-uçá enorme, montado com o lixo recolhido, foi o bicho escolhido para chamar a atenção nessa ação. Nas edições anteriores foram feitas a Baleia-jubarte e a Tartaruga marinha.

 

Outras Ações já estão sendo planejada pelo grupo. A idéia do projeto é passar pelas praias, canais e ilhas de Vitória, dando a volta na Ilha.

 

 

APOIADORES:

-Instituto O Canal

-Sea Shepherd Brasil

-Instituto Últimos Refúgios

-Instituto Federal do Espirito Santo

-Universidade Federal do Espirito Santo

-Prefeitura de Vitória

-Instituto A Voz da Natureza

-Instituto Ecomaris

-Instituto Marcos Daniel

-Projeto Pegada

-Projeto SOS Manguezal

-Projeto Amigos da Jubarte

-Projeto Tour no Morro

-Associação de Moradores Maria Ortiz

-Associação de Moradores de Jesus de Nazareth

-AVES

-Capixaba Vaa

-CPP

-Coletivo Casa Verde

 

#trashtag #trashcrab #crab #caranguejo

#mangue #manguezal #limpezademangue #trash #trashchallenge #caranguejouca

 

Fotos: Leonardo Merçon / Instituto Últimos Refúgios

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload