Com Protocolo de Segurança Sanitária, a Observação de Baleias no ES Está de Volta!

O Turismo de Observação de Baleias realizado pela agência AVES - Voando Alto, monitorado pelo Projeto Amigos da Jubarte / Jubarte.Lab e Projeto Golfinhos do Brasil, e que estava suspenso por conta das medidas de isolamento social adotadas no Espírito Santo, tem data marcada para retornar no dia 21 de agosto.

 

 

 

 

A decisão de retomada da atividade aconteceu após reuniões periódicas para avaliação de questões relacionadas ao vírus SARS-CoV-2 - Coronavírus,  junto ao Grupo de Trabalho (GT) “Observatório da Baleia”, formado por ONGs ambientais, agências de turismo, proprietários de embarcação, Capitania dos Portos, Sebrae, Companhia de Desenvolvimento, Inovação e Turismo de Vitória (CDITV), prefeitura de Vila Velha e Governo do Estado do Espírito Santo, através da Secretaria de Turismo (SETUR). O GT se reúne quinzenalmente e vem acompanhando as informações quanto à disseminação do vírus e a elaboração de um protocolo de segurança sanitária construído pela agência AVES, em parceria com o Projeto Amigos da Jubarte e a empresa Mar Brasil, para aplicação em toda a operação náutica.

 

 

Foto realizado durante uma saída de Observação de Baleias em 2017

 

 

O Retorno

 

A data de retorno marcada pela agência AVES, o dia 21 de agosto, respeitou as deliberações oficiais do governo do Estado do Espírito Santo, tendo sido levado em consideração as conclusões, compartilhadas pelo GT “Observatório da Baleia”, sobre a constante redução da taxa de transmissão do vírus nos municípios da Grande Vitória (< 1), a substancial redução da taxa de ocupação de leitos de UTI disponíveis para COVID-19 na rede hospitalar do Estado, hoje em torno de 70%, bem como outras variáveis apresentadas nos relatórios de Mapeamento de Risco, da Secretaria Estadual de Saúde (SESA).

 

 

Fotos realizadas durante a saída de teste dos protocolos de segurança sanitária

 

A suspensão da atividade ecoturística relacionada à observação de baleias no Estado representou um grande impacto econômico para cadeia produtiva regional, deixando de gerar centenas de empregos diretos e indiretos em um arranjo que envolve companhias de transporte aéreo e terrestre, translados locais, serviços receptivos, restaurantes, hotéis, pousadas, hostels, serviços on-line de aluguel de residências, agências e operadoras de turismo, além de empresários e colaboradores da operação náutica. Como consequência, as prefeituras e o governo do Estado também tiveram suas receitas provenientes de divisas geradas pela indústria do turismo drasticamente reduzidas.

 

Observação de Baleias no ES

 

Na temporada 2019, entre junho e novembro, pesquisadores do Jubarte.Lab monitoraram presencialmente 27 cruzeiros turísticos e promocionais na região da Grande Vitória. Segundo números fornecidos pela CDITV e pelo Jubarte.Lab, 841 pessoas praticaram, com agências cadastradas e autorizadas pelos órgãos fiscalizadores, o turismo de observação de baleias na capital, sendo 73% destes (615 pessoas aprox.) diretamente acompanhados de ”ponta-a-ponta” por meio da parceria entre o portal criado pelo Projeto Amigos da Jubarte - www.queroverbaleia.com. e a agência AVES.

 

 

Foto realizado durante uma saída de Observação de Baleias em 2017

 

O ”Whale Watching”, como a atividade é conhecida internacionalmente, movimentou cerca de 1 milhão de reais na economia capixaba só no ano passado, e contou com a participação majoritária de residentes de 11 municípios do ES (62,5%) e centenas de turistas de 9 diferentes estados do Brasil (37%), principalmente vindos de MG, SP e RJ. A pesquisa etnográfica realizada pelo Jubarte.Lab/AVES, registrou também turistas estrangeiros de Portugal, Espanha, Finlândia e Itália, provando o grande potencial que a região tem para se tornar um dos maiores “hotspots” para observação de baleias no mundo.

 

Na temporada 2020, a embarcação utilizada pela agência AVES será novamente o “Mar de Abrolhos”, que passou por uma série de adaptações para atender ao Protocolo. O novo embarque será através de uma marina particular localizada na praia do Suá, em Vitória-ES, que está sendo preparada, pela empresa Mar Brasil, para dar mais segurança e conforto aos participantes dos cruzeiros turísticos.

 

 

 

Foto realizado durante uma saída de Observação de Baleias em 2017

 

O Projeto Amigos da Jubarte se solidariza com as vítimas da COVID-19 e seus familiares, e informa que prioriza sempre a segurança para seus colaboradores - o projeto continuará assumindo cautela acompanhando as informações externas a respeito da pandemia. O GT “Observatório da Baleia” permanecerá monitorando as atualizações dos dados e, se necessário for, a atividade poderá ser novamente suspensa.

 

É importante lembrar que além da aplicação de procedimentos sanitários seguros, é fundamental que as agências de turismo respeitem a legislação de proteção aos cetáceos vigente no Brasil assim como as “NORMAMs” estabelecidas pela Capitania dos Portos, que regulamentam as embarcações utilizadas na atividade.

 

Foto realizado durante uma saída de Observação de Baleias em 2017

 

Contato

 

Para mais informações sobre os passeios acesse www.queroverbaleia.com ou consulte a @AgenciaAVES. (27 99297-7851 / 27 99980-0413).

 

 

Veja o Protocolo

 

- Conheça o Protocolo de Segurança criado pela Agência AVES / Projeto Amigos da Jubarte/ Mar Brasil clicando aqui. 

 

- E também o Manual de Boas Práticas em Interação com Cetáceos do CMA/ICMBio clicando aqui.

 

--

Para aqueles que tem interesse em ver as baleias em Vitória - Espírito Santo, é só entrar no site do Projeto Amigos da Jubarte pelo link: www.queroverbaleia.com

 

 

 

Os Projetos Amigos da Jubarte, Jubarte.Lab e Golfinhos do Brasil são de realização do Instituto O Canal e Instituto Últimos Refúgios, em parceria com a Vale e o apoio nessa atividade da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e Lar Mar

 

 

  

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Receba nossas atualizações por e-mail!

INFORMAÇÕES SOBRE PASSEIOS
DE OBSERVAÇÃO DE BALEIAS EM VITÓRIA, ES:
027 999 800 413
027 992 473 882
027 992 977 851
 
INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS SOBRE
O PROJETO AMIGOS DA JUBARTE:
027 999 864 177
 
E-MAIL:
contato@amigosdajubarte.com.br