A Importância do Turismo de Observação de Baleias-jubarte

 O turismo de observação de baleias-jubarte constitui uma importante ferramenta na sensibilização da população. É o conhecimento, admiração e empatia da sociedade por essa espécie que garantirá sua preservação e afastará as chances de retorno de sua caça comercial em muitos países. A observação de baleias vem crescendo no mundo inteiro, sendo realizada em mais de 100 países e gerando uma receita anual de quase 3 bilhões de dólares, de acordo com um estudo elaborado pelo Fisheries Center da Universidade da Columbia Britânica (Cánada).

 

 

Observá-las traz reconhecidamente uma série de benefícios, entre os quais (1) o desenvolvimento do turismo responsável ligado à conservação da espécie em seu ambiente natural; (2) o fomento da informação e educação ambiental com comunidades e turistas; (3) a coleta de dados científicos; (4) a sensibilização para o desenvolvimento sustentável; (5) a geração de renda e valores agregados para as comunidades locais; (6) o incentivo dos setores hoteleiro e turístico. 

 

Ou seja, através do turismo de observação natural de baleias é possível gerar emprego e renda, impulsionando assim o desenvolvimento sustentável regional, assegurando a proteção das baleias-jubarte em águas nacionais.

 

 

 

Vitória-ES e Vila Velha-ES no Mapa Internacional da Observação de Baleias-jubarte

 

O Projeto Amigos da Jubarte teve, inicialmente, como base a cidade Vitória-ES para iniciar suas atividades que vêm fundamentando os pilares do desenvolvimento da atividade de observação de baleias no Espírito Santo.

 

Apesar da primeira expedição de avistamento de baleias, realizada pelo projeto, ter sido feita em 2014 a partir de Santa Cruz, no município de Aracruz, foi somente no ano seguinte, em setembro de 2015, que Vitória teve sua primeira expedição do Jubarte.Lab, braço científico do projeto. Essa expedição teve o objetivo de realizar os primeiros registros fotográficos e levantamento de dados para o desenvolvimento da observação de baleias no município. 

 

 

Com o crescimento do projeto Amigos da Jubarte na capital, até o ano de 2019, milhares de turistas puderam conhecer bem de perto as baleias-jubarte capixabas. Pessoas de diversos municípios do Espírito Santo, de outros estados do Brasil e até visitantes estrangeiros foram registrados nas pesquisas produzidas pelos pesquisadores que monitoram os cruzeiros náuticos das agências parceiras do site www.queroverbaleia.com, criado para catalisar e gerenciar de forma organizada a demanda turística. 

 

Porém, desde o início das ações do projeto Amigos da Jubarte, os esforços também cobriam áreas da costa dos municípios de Aracruz, Serra, Guarapari e Vila Velha, no Espírito Santo.

 

Texto retirado do Relatório Socioambiental - Baleias-jubarte, Um Tesouro Capixabas

 

--

Para aqueles que tem interesse em ver as baleias em Vitória - Espírito Santo, é só entrar no site do Projeto Amigos da Jubarte pelo link: www.queroverbaleia.com

 

 

 

Os Projetos Amigos da Jubarte, Jubarte.Lab e Golfinhos do Brasil são de realização do Instituto O Canal e Instituto Últimos Refúgios, em parceria com a Vale e o apoio nessa atividade da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e Lar Mar

 

 

  

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Receba nossas atualizações por e-mail!

INFORMAÇÕES SOBRE PASSEIOS
DE OBSERVAÇÃO DE BALEIAS EM VITÓRIA, ES:
027 999 800 413
027 992 473 882
027 992 977 851
 
INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS SOBRE
O PROJETO AMIGOS DA JUBARTE:
027 999 864 177
 
E-MAIL:
contato@amigosdajubarte.com.br