Receba nossas atualizações por e-mail!

INFORMAÇÕES SOBRE PASSEIOS
DE OBSERVAÇÃO DE BALEIAS EM VITÓRIA, ES:
027 999 800 413
027 992 473 882
027 992 977 851
 
INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS SOBRE
O PROJETO AMIGOS DA JUBARTE:
027 999 864 177
 
E-MAIL:
amigosdajubarte@gmail.com

Um marco do turismo de observação de baleias-jubarte em Vitória-ES!

 

Vitória, uma Capital das Baleias-jubarte. Um potencial turístico que precisa ser aproveitado. E claro, com responsabilidade!

 

No último final de semana (dos dias 18 a 20 de agosto), Vitória levou moradores e turistas ao mar para contemplar e aproveitar o encontro com as Baleias Jubartes! Após a realização da primeira capacitação teórica e prática dos mestres de embarcações e agências de turismo para a realização da Observação de Baleias no Espírito Santo, através de uma parceria entre o Projeto Amigos da Jubarte e o Instituto Baleia Jubarte, e a abertura oficial da temporada capixaba de avistamento durante o Festival da Baleia, com a participação de mais de mil pessoas, agora foi o momento da organização das expedições e levar o capixaba e turista para ver de perto as Jubartes.

 

Além do incentivo, o Projeto Amigos da Jubarte vem realizando pesquisa, registrando, sensibilizando e monitorando o desenvolvimento dessa atividade sustentável na costa capixaba, e nesse final semana pôde acompanhar com seus pesquisadores embarcados um verdadeiro marco para a observação de baleias em Vitória.

 

As agências de turismo parceiras do Projeto Amigos da Jubarte, que vêm iniciando a observação de baleias no litoral capixaba, levaram aproximadamente cento e dez (110) visitantes em seis (6) embarcações, todas acompanhadas de pesquisadores ou técnicos responsáveis para que as saídas ocorressem de forma responsável.

 

O contentamento é geral, as pessoas saem emocionadas e realizadas das expedições pois sempre têm um encontro inesquecível com animais magníficos, com cada grupo presenciando comportamentos diferenciados. As agências podem ser acessadas e escolhida através do site www.queroverbaleia.com, em conjunto com o Projeto Amigos da Jubarte, podendo assim, contar com a presença de pesquisadores e ter uma orientação educativa presencial antes das saídas.

 

 

 

Um verdadeiro tesouro no mar, as Baleias Jubarte podem alcançar 16m de comprimento médio e 40 toneladas de peso, têm um comportamento dócil e se exibem a cada encontro com os visitantes. Entre os comportamentos mais admirados estão os saltos, as batidas das nadadeiras caudal e peitoral e a agitação dos grupos competitivos que disputam as fêmeas para se acasalar. Outro momento importante que é possível observar é o encontro de fêmeas com seus filhotes de aproximadamente 1 tonelada (desde novinhos já são enormes). Essa situação foi observada todos os dias desse final de semana a cerca de 7 milhas da praia, próximo aos navios atracados (por isso é importante nos mantermos atentos as regras de observação de cetáceos).

 

 

Em cada expedição os pesquisadores analisam o comportamento antes e depois da aproximação e demonstram que quando feita respeitando as normas, a observação de baleias não causa impacto na vida desses animais, que chegam a se aproximar da embarcação e dar um verdadeiro espetáculo de exibição, devido a sua curiosidade. Destacamos que o desenvolvimento da observação de baleias, além de ser uma ferramenta de sensibilização e um produto turístico, é a principal forma de eliminar o risco da volta da caça comercial das baleias dos mares de todo o mundo.

 

Texto de Paulo Rodrigues, oceanógrafo e Coordenador de pesquisa do Projeto Amigos da Jubarte, através do Jubarte.Lab. 

 

 

 

Para saber mais sobre o projeto AMIGOS DA JUBARTE, além de saber como ver as baleias capixabas, acesse: www.queroverbaleia.com ou www.amigosdajubarte.com.br

 

 

#amigosdajubarte #baleia #jubarte #baleiajubarte #humpback #whale #vitoria #espiritosanto #cetaceos #mamifero #mammal #oceano #ocean #observacaodebaleia

 

 

 

 

 

GALERIA DE FOTOS DO FIM DE SEMANA DE 18 A 20 DE AGOSTO 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload